Estimulação Magnética Transcraniana

A Estimulação Magnética Transcraniana é uma técnica de estimulação cerebral que consiste na criação de campos magnéticos que estimulam directamente determinadas zonas do cérebro que estão correlacionadas com algumas patologias. É um tratamento muito eficaz e incisivo, com especial indicação para algumas patologias do foro mental que se mostram refractárias ao tratamento farmacológico e psicoterapêutico.

Mais...

Em que consiste?

A Estimulação Magnética Transcraniana consiste na criação de campos magnéticos que atravessam o crânio e estimulam directamente determinadas zonas do cérebro, nomeadamente a porção dorso-lateral do cortex pré-frontal, que se correlaciona com as Pertubações Depressivas.

Mais...

Como é o tratamento?

O tratamento consiste em 20 sessões de 37,5 minutos de Estimulação Magnética Transcraniana.

Na primeira sessão é realizado um electromiograma para aferição do potencial motor e elaboração do programa de estimulação mais adequado (cada paciente tem um programa de estimulação individulizado e único para esse paciente. Esta primeira sessão tem uma duração de cerca de 2 horas.

As restantes sessões duram 37,5 minutos.

O tratamento é realizado cinco dias por semana (de 2ª a 6ª), durante quatro semanas, totalizando 20 sessões.

Mais...

O tratamento é doloroso? tem efeitos secundários?

O tratamento não envolve qualquer tipo de fármacos, anestesias ou procedimentos invasivos.

O paciente permanece perfeitamente acordado durante todo o procedimento, não havendo qualquer tipo de recobro após o mesmo.

É indolor. O paciente não fica com qualquer tipo de desorientação ou confusão.

Não tem qualquer tipo de interações com a medicação em curso, pelo que pode ser realizado em todos os pacientes independentemente da medicação em curso.

Mais...

O tratamento é eficaz em que patologias?

A Estimulação Magnética Transcraniana é especialmente eficaz na Depressão. Está especialmente indicada nos quadros depressivos que não responderam bem à medicação ou em que a medicação apresentou efeitos secundários intoleráveis. É significativamente mais eficaz que a medicação e psicoterapia.
A Estimulação Magnética Transcraniana mostrou-se ser também eficaz no tratamento da dor neuropática refractária à medicação instituida.
A Estimulação Magnética Transcraniana mostrou alguma eficácia na Esquizofrenia, algumas patologias do espectro ango-depressivo, recuperação funcional de pacientes com AVC.